Aula 03 de 05

POWER QUERY E POWER BI: APRENDA A ANÁLISE DE DADOS DE FORMA FÁCIL E EFICIENTE

Se você já tem conhecimento em Power Query e Excel, então você está pronto para dar um passo adiante e explorar o poder do Power BI. 

Essa ferramenta da Microsoft permite criar relatórios e dashboards avançados com dados de diversas fontes, e o Power Query é a chave para conectar esses dados ao Power BI

Muitas pessoas acreditam que precisam aprender Python para realizar análises avançadas, mas o Power Query e o Power BI oferecem uma forma mais fácil e eficiente de realizar essas tarefas. 

 

Neste artigo, vamos explicar como o Power Query se conecta ao Power BI e como ele pode ajudá-lo a criar relatórios e dashboards ainda mais precisos e completos sem precisar digitar linhas de código “insanas”.

Como o Power Query aumenta a eficiência do Power BI

O Power BI é uma ferramenta de visualização de dados poderosa e líder no seu mercado, e para obter o máximo de sua funcionalidade, é necessário ter dados limpos e preparados. 

O Power Query permite fazer esses tratamentos de forma rápida e eficiente, sem precisar digitar linhas de código “da Nasa”.

Vimos em artigos anteriores (clique aqui) um relatório de contas a pagar, todo desconfigurado, e veja só agora no que ele se transformou com ajuda do Power BI e alguns cliques:

O Power BI permite você criar visualizações de dados incríveis como essa, mas para isso, precisa que os dados estejam limpos e lógicamente dispostos de maneira ordenada.

Minha História: do Power Query ao Power BI

Eu comecei a usar o Power Query lá no Excel há alguns anos, quando a maioria dos artigos sobre o tema eram em Inglês.

As demandas por automatização de cálculos, composições e conciliações de valores eram tão altas em nossa empresa, que ao descobrir o Power Query, eu pude dar vazão às demandas reprimidas, e aos poucos fui conseguindo reduzir minha jornada excessiva de trabalho.

Quando eu me dei conta, já não gerava mais nenhum relatório de conferência no sistema, e sim, tudo conectado direto no banco de dados

Esse conhecimento em tratamento de dados com Power Query me ajudou muito a resolver questões lógicas de tratamento e disposição de dados quando comecei a criar Dashboards no Power BI.

 

Em outras palavras, é muito mais fácil criar uma casa sobre uma fundação sólida, do que sobre um monte de areia mole, não é mesmo?!

Power Query vs Python

Muitas pessoas pensam que para trabalhar com dados é necessário aprender uma linguagem de programação como o Python. 

No entanto, o Power Query oferece uma abordagem diferente e muito mais fácil para tratar dados onde você inicia suas criações ao toque do mouse, enquanto o Python exige que você digite os comandos manualmente.

A curva de aprendizado do Power Query é geralmente mais acentuada do que a do Python, e você pode começar a trabalhar com dados imediatamente, sem precisar se preocupar com sintaxe ou erros de programação.

Já o Python exige um conhecimento prévio de programação, e pode ser mais difícil de aprender para pessoas sem experiência anterior.

 

Além disso, o Power Query já vem integrado ao Excel e Power BI, o que significa que você não precisa baixar nenhum software adicional ou configurar nenhuma conexão para começar a trabalhar com dados. Diferentemente do Python que requer que você instale e configure o software antes de começar a trabalhar.

Gráficos no Power BI vs Python

Ao trabalhar com grandes volumes de dados, é fundamental ter a capacidade de visualizá-los de maneira clara e intuitiva. Isso é ainda mais importante quando se trata de apresentar esses dados para outras pessoas, como gerentes ou clientes. É aqui que as ferramentas de visualização de dados, entram em jogo.

O Power BI é uma ferramenta incrivelmente poderosa para criar gráficos e visualizações de dados. Com o recurso “clica e arrasta”, é possível criar gráficos complexos em questão de minutos. Além disso, o Power BI oferece uma variedade de opções de gráficos e visualizações, desde gráficos de barra simples até mapas interativos.

 

Por outro lado, o Python é uma linguagem de programação popular para trabalhar com dados, mas pode ser um desafio criar gráficos e visualizações com ela. Embora existam bibliotecas como Matplotlib e Seaborn, é necessário escrever códigos para criar cada gráfico, o que pode ser um processo demorado e frustrante, especialmente para aqueles sem experiência em programação.

Não entendi! Joviano recomenda Python? Sim ou Não?

No meu cotidiano, uso Power Query e SQL quando trabalho com planilhas, bem como uma pitada de VBA (para não perder o costume).

Quando necessito entregar um gráfico que se atualiza automaticamente todos os dias, bem como, com níveis de acesso por perfil de usuário, uso o Power BI e suas ferramentas.

Mas, quando preciso fazer uma automação envolvendo navegação web, automação de cliques na área de trabalho, e claro análise exploratória com aplicação de modelo de Inteligência Artificial, eu uso o Python.

 

Mas veja que eu comecei pelo mais fácil, mudando minha mentalidade “celular” de quem era um planilheiro viciado em PROCV, SOMASE e TABELA DINÂMICA, para uma visão orientada a objetos, visualizando tudo em forma de TABELA, LISTA ou VALOR, e só depois me aventurei nos DASHBOARDS e inclui Python em minha vida.

Conclusão

Em resumo, o Power Query é uma ferramenta incrivelmente poderosa que permite importar e preparar dados de forma rápida e fácil

Com o Power Query, é possível preparar as bases de dados para relatórios e dashboards avançados no Power BI, sem precisar de conhecimentos avançados em programação. 

Uma vez que conseguimos evoluir e extrair o máximo do Power Query, tanto no Excel quanto no Power BI, é hora de dar o próximo passo rumo à ciência de dados, e nessa que o Python nos acompanha.

Se você está vendo este POST e ainda não se inscreveu em meus TREINAMENTOS GRATUITOS corra e inscreva-se!

Eles totalizam mais de 20 horas de conteúdo, onde você vai aprender:

  • Power Query em 5 cases práticos,
  • Lógica de Programação com Python
  • e Webcraping (da captura de dados com Python ao dashboard com Power BI, passando pela carga no banco de dados SQL)

Você vai receber

Mais de 20 horas de conteúdo

Receba esse material gratuito, clique abaixo e se inscreva.

É fácil você ter todo esse material!

Faça abaixo o seu cadastro que enviarei um email com todo o material para você estudar e aprender com o Jovi!

Esses dados serão utilizados para entrarmos em contato com você e disponibilizarmos mais conteúdos e ofertas. Caso você não queira mais receber os nosso emails, cada email que você receber, incluirá ao final, um link que poderá ser usado para remover o seu email da nossa lista de distribuição.

Para mais informações, acesse:https://klickpages.com.br/politica-de-privacidade/


Quem é

Meu nome é Joviano Silveira, sou contador há 10 anos e com mais de 15 anos de experiência, pós-graduado em finanças e controladoria e atualmente estou como Controller na Wanke SA.

Estou atuando como professor de cursos de Excel, Power Query, Power BI e também Cientista de Dados amante de Python.

Após anos de trabalho nas áreas de auditoria, consultoria, controles internos e controladoria, implemento meu conhecimento em maximizar o uso ferramentas de análise de dados para gerar otimizações e melhores controles nas organizações, aumentando assim seu resultado, com menor custo possível.

Em 2022 fui agraciado pela Microsoft com o título de MVP (Most Valuable Professional) na categoria Data Platform pelas contribuições realizadas para a comunidade brasileira de dados. Expertise reconhecida no trabalho com as ferramentas de BI Microsoft