Joviano

Bem vindo ao

Blog do Jovi!

O blog do Jovi tem como objetivo ajudar você com suas dúvidas, além de expandir seu conhecimento através da informação.

5 Dicas Valiosas sobre Performance em Consultas SQL

Se você é um analista de dados, provavelmente já se deparou com consultas lentas no SQL Server. E não há nada mais frustrante do que esperar minutos (ou até horas) por uma consulta para retornar resultados. Felizmente, existem algumas dicas simples que você pode seguir para aumentar a velocidade em consultas SQL e melhorar a sua produtividade.

Aqui estão 5 dicas para acelerar as consultas no SQL Server.

1 – Crie índices nas colunas frequentemente consultadas

Se você tem uma tabela com muitos registros e precisa consultar regularmente uma ou mais colunas, é uma boa ideia criar um índice para essas colunas.

Isso ajudará o SQL Server a localizar os registros mais rapidamente e reduzirá o tempo necessário para executar a consulta.

É como ter um índice em um livro: você pode localizar a informação que precisa mais rapidamente, e não precisa “folhar cada página” para saber aonde contém aquele texto procurado.

2 – Evite usar funções em colunas

Funções como a função CONVERT podem ser úteis para formatar dados, mas elas também podem ser muito lentas.

Se possível, evite usar funções em colunas que são frequentemente consultadas. Isso pode aumentar significativamente o tempo necessário para executar a consulta.

Imagine que você precisa encontrar o telefone de um colega de trabalho em uma lista telefônica, mas o nome dele está escrito em chinês.

Você vai levar mais tempo para encontrar o número do que se o nome estivesse escrito em português.

3 – Use a cláusula WHERE para filtrar os dados

A cláusula WHERE é uma das mais importantes em SQL. Ela permite que você filtre os dados de uma tabela com base em uma condição.

Usar a cláusula WHERE pode reduzir significativamente o número de registros que o SQL Server precisa pesquisar para retornar os resultados da consulta.

É como encontrar uma agulha em um palheiro: se você puder reduzir o tamanho do palheiro, será mais fácil encontrar a agulha.

Aproveitando que estou falando de WHERE, CLIQUE AQUI e veja só o vídeo que fiz com um macete envolvendo a cláusula WHERE e o método ABS do SQL

4 – Limite o uso de cláusulas JOIN

Cláusulas JOIN são úteis para combinar dados de várias tabelas em uma única consulta. No entanto, elas podem ser muito lentas.

Se possível, limite o número de cláusulas JOIN em suas consultas para evitar o tempo de processamento desnecessário.

É como combinar peças de um quebra-cabeça: quanto mais peças você tiver que combinar, mais tempo levará para montar o quebra-cabeça.

5 – Use subconsultas com sabedoria

Subconsultas podem ser muito úteis para refinar os resultados de uma consulta. No entanto, elas também podem ser muito lentas.

Se possível, evite usar subconsultas desnecessárias em suas consultas. Isso pode aumentar significativamente o tempo necessário para executar a consulta.

É como pedir para um amigo encontrar uma agulha em um palheiro, e ele pede para outro amigo encontrar uma agulha em outro palheiro e depois combinar as informações. Isso pode levar muito tempo e ser desnecessário.

Resumindo

Seguindo essas 5 dicas simples, você pode acelerar significativamente a performance em consultas SQL.

Claro, há muito mais que você pode fazer para otimizar suas consultas no SQL Server, mas essas dicas são um bom começo. Lembre-se sempre de considerar o desempenho quando estiver criando consultas, e tente sempre pensar em maneiras de torná-las mais eficientes.

E lembre-se também de que o SQL Server é uma ferramenta poderosa, mas pode ser um pouco temperamental às vezes. Não se desespere se uma consulta estiver demorando muito para retornar resultados. Em vez disso, revise os pontos destacados acima, bem como o PLANO DE EXECUÇÃO, e se mesmo assim estiver lento, compartilhe com a comunidade de alunos que você faz parte, para que os demais possam te ajudar opinando.

Se você quer aprender a usar SQL no dia a dia como eu, não perca tempo e junte-se à nossa Formação Power Query 2.0. Além de um módulo inteirinho com mais de 30 horas explicando como eu consomo dados do banco SQL no Excel, Power BI e Python, você ainda terá acesso a uma comunidade exclusiva e cheia de alunos interagindo.

E ainda no mesmo pacote de cursos, contém várias LIVES disponíveis só para alunos, cheias de técnicas que uso em meu ecossistema, e que hoje posso dizer que SOU INDEPENDENTE DE RELATÓRIOS DO SISTEMA, e “dou folga aos caras do T.I” fazendo minhas próprias consultas.

Ah, e sem falar que são mais de 300 horas (no total) distribuídos em mais de 15 cursos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba conteúdos do Jovi!

Digite seu interesse abaixo:

Quer Aprender sobre Power Query?

Conheça nossa formação e tudo que você pode aprender com ela.

Mais conteúdos gratuitos para você!

OPA, vejo que você é novo por aqui!

Temos um presente de boas vindas para os amantes de Blog!

E ai FERA?!

Não vou atrapalhar tua leitura deste super artigo.

Só quero te dizer que por ser um visitante novo aqui no site, nosso sistema está programado para te enviar um cupom de desconto para a FORMAÇÃO POWER QUERY 2.0, que é um pacotão de cursos do JOVI, com mais de 300 horas de conteúdo.

Informe seus dados a seguir, que te enviaremos as instruções para resgate desse cupom exclusivo.

Exemplo 👉 +5511988776655 👈 [não informar pontos, traços e parênteses]

explicação telefone

Números do Brasil devem iniciar com +55
Preencha conforme o exemplo, pois o presente será enviado por WhatsApp para esse número. 

Após enviar, pode fechar essa janela, que seu presente já está em processamento.

A ementa possui centenas de aulas, e resumimos em um painel de PowerBI o qual enviaremos a você.

Preencha seu nome e email que em instantes receberá a ementa completa deste pacote de cursos.

Formato Aceito: [+ código do pais] [código de área] [número]